Saiba o que é e porque ocorre o choque anafilático

Tempo de leitura: 3 minutos

Choque anafilático ou anafilaxia, é uma reação alérgica grave, súbita, que pode levar ao fechamento da garganta e, se não tratada rapidamente, à morte. 

A anafilaxia é causada por substâncias alergênicas, tais como alimentos,  venenos – formiga, marimbondos e abelhas – medicamentos e até mesmo materiais como o látex.

O rápido tratamento da reação é crucial. Portanto, conheça os sintomas, tratamentos e possíveis formas de evitar o problema!

choque anafilático

Choque anafilático: sintomas, procedimentos de emergência, prevenção e tratamento.

Conforme mencionado, a anafilaxia se manifesta mediante contato com substância alergênica. Dessa forma, é muito importante que se conheça bem as possíveis reações alérgicas tanto de si mesmo quanto de outros.

Sinais e sintomas do choque anafilático

Em crianças, os principais sintomas desta reação de hipersensibilidade são:

  • Mudança comportamental;
  • Vômitos persistentes;
  • Estridor (barulho agudo de assobio ao inspirar o ar)
  • Desconforto na garganta
  • Tosse e espirro;
  • Sibilos, (assobio agudo ao longo da respiração);
  • Inchaço
  • Erupção no corpo
  • Queda na pressão arterial
  • Taquicardia (batimentos cardíacos acelerados);
  • Taquipneia (respiração muito rápida e curta);

Outras reações anafiláticas, de difícil interpretação, em bebês, são:

  • Salivação
  • Rouquidão
  • Sonolência;
  • Choro de difícil consolo;
  • Regurgitação;
  • Aparente carência.

Os sintomas podem se manifestar minutos após o contato. 

Há também manifestações mais graves como parada cardíaca, falta de ar, tontura e desmaio. Por isso, é imprescindível conhecer os procedimentos de emergência.

Procedimentos de emergência

Caso identifique um ou alguns desses sintomas, aja rápido!

Leve a pessoa a um pronto-socorro ou chame urgentemente uma ambulância (ligue para o 192). Mantenha observação constante sobre a respiração, batimentos cardíacos e possíveis desmaios. Caso haja interrupção da respiração, é necessário fazer uma massagem cardíaca.

Por fim, se a respiração estiver normalizada, deite a pessoa e levante suas pernas. Com isso, a circulação sanguínea é facilitada.

Prevenção e tratamento

Caso a alergia a algum componente seja identificada, recomenda-se evitar todo e qualquer contato com o agente alergênico e solicitar a um médico um kit de primeiros socorros para tratamento da anafilaxia. Toda pessoa que já sofreu uma reação anafilática deve ter um plano de ação e Adrenalina® disponível 24 horas por dia.  NÃO EXITE EM APLICAR ADRENALINA®. Atraso na sua aplicação é uma das principais causas de óbito durante uma anafilaxia. 

Manter amigos e familiares informados a respeito da condição também é importante, assim como mostrar a eles o modo correto de realizar o plano de ação e aplicar Adrenalina®

Em relação ao tratamento hospitalar da anafilaxia, uma das primeiras medidas é a utilização de oxigênio e a administração Adrenalina®, que tem a função de estabilizar a pressão arterial e reduzir a reação alérgica.

A incidência de anafilaxia vem aumentando no EUA e o Brasil segue a mesma tendência. Por isso, a prevenção é o melhor remédio.

Conforme mostramos neste artigo, o choque anafilático é uma complicação grave e pode ser fatal. Portanto, atente-se aos sintomas e, caso identifique algum problema alérgico, procure imediatamente um especialista para orientar e estipular um plano de ação adequado para você.

O blog Pulmolab traz informações atualizadas para você e sua família, mas não exclui a necessidade de acompanhamento médico. Siga-nos nas redes sociais – Facebook e Instagram – para receber novos conteúdos no seu feed!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.