doenças respiratórias

3 coisas que você precisa saber sobre asma infantil

3 coisas que você precisa saber sobre asma infantil

5 minutos Doenças respiratórias são muito comuns na infância, pois o sistema respiratório é mais sensível nessa fase da vida e ainda precisa de amadurecimento. Não por acaso, a asma infantil é um quadro recorrente que merece atenção por parte das famílias. Certas reações do seu filho em locais específicos ou em contato com determinados objetos podem indicar a presença de alergias que, em maior ou menor grau, têm como principais sintomas a dificuldade de respirar, tosses e espirros. No entanto, as alterações na Continue lendo

Então seu filho tem alergia respiratória, e agora?

Então seu filho tem alergia respiratória, e agora?

3 minutos Para se ter sucesso no tratamento da alergia respiratória da criança alérgica é importante que a família entenda o que a alergia causa no nariz e no pulmão das pessoas. O que ocorre nas vias aéreas do alérgico é uma irritação. Veja bem que estamos falando de uma irritação e não uma infecção. No jargão médico essa irritação é chamada de inflamação. É muito comum confundir essa irritação com infecção levando a prescrição de antibióticos com frequência e sem necessidade. Além da Continue lendo

Pílulas antivirais para Covid-19 – não uma cura, mas uma ótima ferramenta

Pílulas antivirais para Covid-19 – não uma cura, mas uma ótima ferramenta

2 minutos A notícia de duas pílulas antivirais para Covid-19 dos laboratórios Pfizer e Merck gerou entusiasmo com a informação que elas podem ajudar a manter as pessoas fora do hospital caso contraiam o coronavírus. A Pfizer diz que sua pílula, que vai se chamar Paxlovid quando autorizada, reduziu o risco de morte ou hospitalização em 89% quando administradas em pessoas nos primeiros três dias após o início dos sintomas. A Merck diz que sua cápsula de molnupiravir reduziu o risco em cerca de Continue lendo

Mesmo com infecções emergentes, as pessoas vacinadas não ficam tão doentes

Mesmo com infecções emergentes, as pessoas vacinadas não ficam tão doentes

2 minutos Duas equipes de pesquisadores relataram na semana passada que mesmo que contraiam uma infecção invasiva, as pessoas vacinadas não ficam tão doentes com o Covid-19. Ambos os estudos mostram que as vacinas protegem fortemente contra doenças graves e morte – mesmo meses depois que as pessoas foram vacinadas pela primeira vez, e conforme a variante Delta, mais transmissível, renovou a propagação do vírus. Um grande estudo em andamento com 780.000 pessoas mostra que a vacinas Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson – Continue lendo

Será que meu filho precisa da injeção de palivizumabe

Será que meu filho precisa da injeção de palivizumabe

5 minutos A injeção de palivizumabe é usada para ajudar a prevenir o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) em crianças com menos de 24 meses de idade que apresentam alto risco de contraí-lo. O VSR é um vírus respiratório comum que geralmente causa sintomas semelhantes aos da gripe e resfriado. A maioria das pessoas se recuperam em cerca de uma ou duas semanas, porém, pode ser perigoso, principalmente as crianças. No artigo de hoje, você vai saber mais sobre a injeção de palivizumabe, para o Continue lendo

A influência do frio nas doenças respiratórias em crianças

A influência do frio nas doenças respiratórias em crianças

6 minutos A influência do frio nas doenças respiratórias em crianças é sempre um assunto que atinge diversas pessoas quando chega o período de inverno, onde ocorre o aumento no número de casos de infecções pulmonares por vírus e bactérias. As famílias ficam alarmadas quando uma criança apresenta sinais e sintomas além do simples nariz escorrendo e dor de garganta, como febre alta, tosse prolongada, falta de ar, dor de cabeça, respiração ofegante, dificuldade para respirar, perda de sono, falta de apetite, distúrbio de Continue lendo

O que preciso saber sobre o corticóide inalatório

O que preciso saber sobre o corticóide inalatório

5 minutos Uma criança pode usar o corticóide inalatório para tratar a asma, pois ele ajuda a reduzir inflamação nas vias aéreas e ajudam a prevenir crises da doença.  O corticóide inalatório reduz a inflamação nos pulmões, permitindo que a criança respire melhor. Em alguns casos, eles também reduzem a produção de muco e geralmente levam algumas semanas para fazer efeito. A medicação não serve para tratar um surto de asma repentino, mas seu filho ainda deve usar o medicamento para evitar uma crise Continue lendo

Espaçadores infantis: como usar corretamente?

Espaçadores infantis: como usar corretamente?

5 minutos Entendemos como pode ser muito angustiante ver o filho com dificuldades para respirar e a melhor forma de ajudá-lo é estar sempre preparado, levando os medicamentos com você, uma vez que uma crise de asma pode acontecer a qualquer momento. Um espaçador infantil é semelhante a um tubo cilíndrico valvulado e cria um “espaço” entre a boca do seu filho e o inalador para que o medicamento alcance os pulmões com mais qualidade. Eles são cada vez mais utilizados, tendo em vista Continue lendo

Tosse crônica em crianças: como tratar

Tosse crônica em crianças: como tratar

5 minutos O tratamento da tosse em crianças é um dos principais motivos pelos quais os pais levam seus filhos para uma consulta com o pediatra, suspeitando da possibilidade de existir uma doença pulmonar. Quando um paciente infantil possui tosse produtiva (seca ou com catarro) por três semanas seguidas, os pais ou responsáveis devem ficar bastante atentos ao tipo de tosse, pois, o quadro pode agravar em uma tosse crônica. No caso das crianças, a tosse crônica pode vir a ser indicada quando a Continue lendo

Quais cuidados devo tomar para que meu filho não tenha tuberculose?

Quais cuidados devo tomar para que meu filho não tenha tuberculose?

4 minutos Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, as crianças estão tão sujeitas à tuberculose quanto os adultos.  Esse quadro é mais comum entre um e quatro anos, mas pode afetar crianças de todas as idades. Em países em desenvolvimento, como o Brasil, o número de casos de tuberculose é preocupante.  Segundo o Ministério da Saúde, em 2019 foram registrados 73.864 novos casos de tuberculose, sendo que a única faixa etária que teve aumento entre 2010 e 2019, foi a de Continue lendo