Alergia Alimentar

Esofagite eosinofílica: entendendo melhor a doença

Esofagite eosinofílica: entendendo melhor a doença

4 minutos A esofagite eosinofílica (EoE) é uma doença do esôfago relativamente frequente, sendo que sua principal causa é a alergia alimentar. Geralmente acomete crianças, embora possa ocorrer com menor frequência em adultos. Essa doença tem se tornado cada vez mais comum em pacientes pediátricos, sendo uma preocupação tanto para os médicos, quanto para os pais ou responsáveis. No artigo de hoje, você vai saber mais sobre as causas da esofagite eosinofílica, os principais sintomas que as crianças podem apresentar e como proceder para Continue lendo

O que é o teste de provocação?

O que é o teste de provocação?

3 minutos O teste de provocação, também conhecido como desafio,  é realizado com o objetivo de confirmar um processo alérgico principalmente quando não se tem certeza do diagnóstico. Frequentemente utilizados nos casos de alergias alimentares e medicamentosas, podem ser aplicados em qualquer processo alérgico.  Ele permite um diagnóstico mais adequado de um quadro clínico e pode ser feito via oral ou por meio de testes cutâneos. Neste artigo, vamos te mostrar que, por meio do exame, é possível saber o motivo da alergia e, Continue lendo

O que esperar de uma consulta com o Alergista?

O que esperar de uma consulta com o Alergista?

3 minutos Levar o filho a uma consulta médica, qualquer que seja ela, pode ser um momento estressante para qualquer mãe, mas não precisa ser assim. A consulta com alergista é um exemplo de cuidado que seu filho pode precisar, mas que não causa incômodo algum para o pequeno. Problemas alérgicos são comuns entre os brasileiros. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 30% da população brasileira possui algum tipo de alergia. Quando o paciente apresenta problemas respiratórios e/ou dermatológicos Continue lendo

Vacina de febre amarela e alergia a ovo

Vacina de febre amarela e alergia a ovo

4 minutos Você sabia que pessoas alérgicas à proteína do ovo devem tomar alguns cuidados antes de tomar a vacina da febre amarela? Esse é um alerta da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), que apresenta dois casos importantes a se considerar antes da imunização. O ovo é um dos alimentos que mais causam alergia em todo o mundo.  A reação se dá, principalmente, por causa da clara. Apesar dos avanços na Medicina para combater o distúrbio, a situação é preocupante, pois pode Continue lendo

Alimentos extensamente aquecidos e alergia alimentar

Alimentos extensamente aquecidos e alergia alimentar

3 minutos Muitas pessoas, sobretudo crianças, sofrem de alergia alimentar. Privar-se de determinadas comidas pode ser muito difícil, principalmente para os pequenos, mas existe uma possível solução para alguns casos: os alimentos extensamente aquecidos. Especialistas estimam que 5% das crianças sofrem com algum tipo de alergia alimentar. A tendência, todavia, é que até a fase da puberdade essa alergia desapareça. Isso se dá em: 80% dos alérgicos a leite; 60% alérgicos a ovo;20% dos alérgicos a amendoim, peixes e frutos do mar. A alergia alimentar Continue lendo

O que é a APLV e quais seus sintomas?

O que é a APLV e quais seus sintomas?

4 minutos Alergia à proteína do leite de vaca, ou APLV, é uma resposta do organismo à ingestão de proteínas do leite. Não raro, ela pode ser confundida com a intolerância alimentar. Você sabe qual a diferença entre essas duas condições? Ao contrário da APLV, a intolerância à lactose está mais ligada uma reação digestiva, resultando em flatulência, diarreia, dores e distensão abdominais, prisão de ventre, náuseas e vômitos. Na alergia, as proteínas do leite são reconhecidas como corpos estranhos pelo sistema imunológico. Ela Continue lendo

Avanços no tratamento da alergia alimentar

Avanços no tratamento da alergia alimentar

3 minutos O tratamento da alergia alimentar representa um avanço na vida de pessoas que sofrem de privações devido à doença. No centro desse cenário está o medicamento Palforzia, o primeiro que age diretamente no tratamento do problema. 35% da população brasileira é acometida por alguma alergia, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS); e uma das alergias mais comuns são as reações alimentares, segundo o Ministério da Saúde.  Muito comum na infância, esse problema se manifesta sobretudo nos primeiros anos de Continue lendo

Saiba mais sobre vacinas e alergia a ovo

Saiba mais sobre vacinas e alergia a ovo

3 minutos Você já ouviu falar em vacinas e alergia a ovo? Este é um assunto que pode gerar confusão – e até ser alvo das temidas fake news, por isso é muito importante entendê-lo bem. As vacinas representam um avanço gigantesco na saúde da humanidade. Doenças que há até poucas décadas ceifaram milhões de vidas – como o sarampo, a poliomielite, a difteria e a rubéola – hoje estão erradicadas ou sobe controle.  Por outro lado, ainda há muito o que fazer nesse Continue lendo

Alergia alimentar x intolerância: entenda as diferenças

Alergia alimentar x intolerância: entenda as diferenças

3 minutos Intolerância ou alergia? Esta nem sempre é uma pergunta simples de se responder. As duas reações têm causas e consequências diferentes, por isso, é importante saber muito bem a diferença entre alergia alimentar x intolerância. A infância é época primordial para o desenvolvimento do indivíduo. Muitas doenças e condições, quando identificadas nesta fase da vida, tem grandes chances de tratamento. A alimentação na maioria das vezes é um tema complicado para os pais, principalmente a partir do momento em que os filhos Continue lendo

ALERGIA A ADITIVOS ALIMENTARES: FATO OU FICÇÃO?

ALERGIA A ADITIVOS ALIMENTARES: FATO OU FICÇÃO?

2 minutos Os aditivos alimentares são representados por antioxidantes, flavorizantes, corantes, conservantes, espessantes, entre outros. A maioria dos aditivos é ingerida em pequenas quantidades e estão presentes na maioria dos alimentos industrializados. Estima-se que cerca de 5000 aditivos podem, de alguma forma, estar presentes na nossa alimentação. A maioria é desconhecida pelos profissionais de saúde e o seu consumo é de cerca de 70 kg/pessoa/ano. Aditivos alimentares melhoram a qualidade da conservação dos alimentos mantendo, e às vezes, até aumentando o seu valor nutricional. Continue lendo