A importância da vacina pneumocócica em crianças

Tempo de leitura: 3 minutos

Para a saúde dos pequenos, é fundamental que a família tenha consciência da importância da importância da que os pequenos. Pensando nisso, preparamos este artigo para falar sobre a vacina pneumocócica em crianças .

Esse imunizante previne doenças como pneumonia, otite e meningite . Tais doenças originam um tipo infeccioso pela Streptococcus , que possuem como menos 20 deles são bactérias responsáveis ​​pela maiorias das doenças causadas por bactérias pelo pneumococo.

Acompanhe o texto e saiba quais são os tipos de vacinas pneumocócicas, por que é importante e quem deve tomá-la.

Quais tipos de vacina pneumocócica existem?

Atualmente, há três tipos de imunizantes pneumocócicos disponíveis em centros públicos de saúde ou na rede particular. Confira:

Vacina pneumocócica conjugada 10-valente (VPC10)

Contém 10 sorotipos de pneumococo e é distribuído pelo Sistema Único de Saúde (SUS). É aplicado em duas doses nos primeiro ano de vida e uma dose de reforço aos 12 meses.

Vacina pneumocócica conjugada 13-valente (VPC13)

Disponível somente na rede privada, contém 13 sorotipos do pneumococo . Portanto, oferece uma melhor cobertura vacinal. A Organização Mundial de Saúde a aplicação de 3 doses da Pneumo 13 no primeiro ano de vida com um reforço no segundo ano de idade. No Brasil temse o hábito, embora não o ideal, de aplicar apenas o reforço na Pneumo 13 após 1 ano de vida.

Vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente (VPP23)

O pneumo 23 contém 23 sorotipos de pneumococo . Esta não é eficaz para crianças abaixo de 2 anos e é reservada como complementos para idosos, pessoas imunossuprimidas ou crônicas com doenças pulmonares e cardíacas.

Qual a importância da vacina pneumocócica?

Cada fase do desenvolvimento da criança requer cuidados específicos. Para que seja capaz de ser um tecido grave e possa ser configurado como cronograma, seja uma barra de doenças fortal , é indispensável que seja um tecido grave e possa ser configurado.

Isto é contribui para a proteção adequada do seu filho, sintomas desagradáveis, para a vulnerabilidades.

No caso da vacina pneumocócica em crianças, sua função é prevenir contra pneumonia , otite , meningite e demais doenças causadas por infecção bacteriana pela Streptococcus pneumoniae como a septicemia. Ë sempre bom lembrar que a pneumonia é a principal causa de óbito de crianças de paises em desenvolvimento .

Dessa forma, a vacina evita o contágio e o desenvolvimento de formas graves das doenças . A infecção nos pulmões, no sangue ou nas meninges pode levar à hospitalização e até mesmo a óbito.

Saiba quem deve tomar e quais são os cuidados

A vacina pneumocócica é indicada para crianças e bebês, de 2 meses a 5 anos . A partir dos 6 anos, pode ser aplicada a VPC13.

A VPC13 também é recomendada para adolescentes e adultos com doenças crônicas, como uma doença falciforme . Para os idosos, pode ser realizado um esquema vacinal combinando a VPC13 e VPP23.

É fundamental respeitar os intervalos entre as doses . geralmente, a vacina pneumocócica em crianças tem intervalo de 2 meses para cada aplicação, no caso da VPC10.

Existe a possibilidade de surgirem efeitos adversos leves, como inchaço e vermelhidão no local da aplicação, irritabilidade e sonolências. A febre é mais comum após a aplicação da VPC13, mas outras reações como diarreia, vômitos e alergias são muito raras. Agora você já sabe: a vacina pneumocócica em crianças é indispensável, pois contribui para uma infância saudável e proteção a longo prazo. Para mais informações sobre pneumologia pediátrica e alergias em crianças, visite nosso site e acompanhe nossas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.