Teste de coronavírus: saiba como torná-los mais fáceis para crianças

Tempo de leitura: 2 minutos

O teste de coronavírus em crianças está se tornando mais frequente à medida que os estados reabrem. Creches, escolas programas de esporte estão considerando, em breve,  impor requisitos de teste.

Embora muitos procedimentos médicos – como trabalho odontológico, raios-X e vacinas anuais – muitas vezes causam angústia infantil, especialistas dizem que o teste de esfregaço nasal de coronavírus é um cenário perfeito para induzir ansiedade em crianças. 

testes de coronavírus

Como é o testes de coronavírus em crianças

E o teste é muito desconfortável. As enfermeiras pegam um cotonete e capturam células bem dentro do nariz, que dura alguns segundos e muitas vezes dói. Quando as crianças mexem seus corpos ou balançam a cabeça, provavelmente sentirão uma dor mais significativa. O nariz é muito desafiador e não há anestésico tópico que possamos usar para torná-lo mais confortável.

Os enfermeiros estão preocupados com a segurança física durante os testes, mas também precisamos nos preocupar com a segurança emocional das crianças. Muitos insultos menores podem resultar em danos emocionais de longo prazo que deixam as pessoas com medo de ir ao médico e afetam a conformidade médica geral.

Pesquisas mostram que testes e intervenções médicas estressantes podem afetar crianças psicologicamente. Por exemplo, um estudo constatou que 10% dos adultos se abstêm de procedimentos médicos que envolvam agulhas, como vacinas, por causa de más experiências que tiveram quando criança.

Mesmo que o exame nasal seja novo – e assustador – pais e cuidadores podem ajudar dizendo às crianças exatamente o que esperar. É importante ser aberto e honesto e compartilhar a verdade sobre o teste. “É normal que uma criança se sinta ansiosa e preocupada. Mas, no final, é uma oportunidade de criar confiança.

Como torná-los mais confortável para as crianças

Para crianças mais jovens, existem vídeos que podem desmistificar o teste e ajuda a descrever o processo em termos familiares para crianças.

Como manter o corpo imóvel torna o teste mais suportável, os pais devem instruir as crianças para “tentarem manter a cabeça imóvel como um soldado” ou “vamos fingir que estamos congelados como Elsa”. Também recomenda validar os sentimentos de uma criança dizendo: “Não há problema em ficar chateado com isso”. E é recomendável levar um item de conforto favorito ao local do teste, como um cobertor ou um bicho de pelúcia.

Enfermeiras descobriram que os pais devem evitar que as crianças se deitem de costas quando fazem o teste, pois é natural sentir uma perda de controle nessa posição. É melhor ficar sentado. Obviamente, adoraríamos se houvesse uma maneira menos invasiva de fazer isso, mas, por enquanto, o swab nasal é a melhor e mais precisa maneira de fazer esse teste. “As crianças terão que sair para o mundo, ir ao hospital e fazer esse teste. A Covid-19 não vai embora. “

Para outras informações sobre o novo coronavírus, continue acompanhando o blog da Pulmolab, e nossas redes sociais Facebook e Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *