Sintomas e tratamento da dermatite atópica na infância

Tempo de leitura: 3 minutos

Pode assustar os pais ver aquelas irritações na pele de seus filhos, principalmente dos bebês. A dermatite atópica na infância relativamente frequente e é preciso tomar alguns cuidados, logo cedo, para que se trate a doença corretamente.

A dermatite atópica costuma se apresentar logo nos primeiros meses de vida. Na verdade, 80% dos casos de dermatite atópica em criança iniciam no primeiro ano de vida. Mas não há motivo para pânico, a doença tem tratamento com grandes chances de regressão antes da puberdade.

A dermatite atópica é uma doença crônica, inflamatória, com grande incidência em áreas urbanas. Não é difícil de identificá-la, elas deixam o corpo avermelhado e causam muita coceira.

Neste texto vamos explicar pontos importantes sobre a doença. Pais, entendam melhor sobre a dermatite atópica infantil e como tratá-la!

dermatite atópica

Porque a dermatite atópica se manifesta em crianças

O principal motivo para o desenvolvimento da dermatite atópica em crianças é a hereditariedade, principal causa do ressecamento da pele. Por outro lado, o ambiente desempenha um papel importante para sua manifestação.

Fatores como poluentes ambientais, poeira, ácaros e o clima são os primeiros itens desta lista. Aliados a eles estão a alergia alimentar e infecções bacterianas.

Sintomas da dermatite atópica

Por se tratar de uma doença de pele, os sintomas são bem visíveis e incômodos, provocando choro, irritabilidade e distúrbio do sono . Dentre os mais comuns, estão:

  • Vermelhidão.
  • Coceira (prurido).
  • Espessamento e ressecamento da pele.
  • Feridas pelo corpo

As erupções geralmente se manifestam no rosto, pernas, braços, punhos, tornozelos, além de envolver frequentemente as dobras dos cotovelos e dos joelhos.

Tratamentos disponíveis para a doença

O tratamento para a dermatite atópica depende do diagnóstico correto e de uma boa orientação médica. De forma geral, orienta-se:

  • Controlar  o ressecamento da pele por meio de banhos frequentes é o mais indicado, de preferência com sabonete líquido. Não há necessidade de sabonetes caros e especiais.
  • Temperatura da água e duração do banho não são tão importantes desde que se aplique creme hidratante em todo corpo, ao sair do banho, ainda com a pele úmida.
  • Hidratação da pele é a conduta mais importante para controlar a coceira pois os antialérgicos têm pouco resultado
  • Para combater as crises, indica-se o uso de anti-inflamatório tópico e antibióticos para controlar a infecção da pele, que é muito frequente.

Há situações raras e graves que podem exigir um tratamento diferente, como é o caso do uso de imunossupressores ou fototerapia.

Cuidados para o bem-estar de criança

Para controlar os sintomas e garantir o bem estar dos filhos é recomendável que os pais ajudem a criança  a não se coçar, pois isso pode piorar a irritação e ainda causar ferimentos.

A criança com dermatite atópica não tolera os extremos: muito quente, muito frio, muito seco ou muito úmido. Por isso recomenda-se também manter a casa em temperatura amena e com umidade adequada.

Também é importante ficar atento ao tecido que as crianças usam. Roupas 100% algodão são as mais recomendadas.

A dermatite atópica infantil pode ser controlada, desde que observados os cuidados apresentados e, principalmente, que se siga as orientações médicas.

Para ter acesso regular a conteúdos como este, continue acompanhando o blog da Pulmolab e as redes sociais do Dr. Wilson – Facebook e Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *